SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA – Pará

SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA – Pará

A origem do Município vem dos tempos coloniais. No ano 1758, através do Presidente da Província, Francisco Xavier de Mendonça Furtado, recebeu o título de Freguesia em cumprimento a Lei de 06 de junho de 1755, sob a invocação de São Sebastião. A denominação de “Boa Vista”, segundo relatos de antigos moradores, vem de uma visita do Dr. Ferreira Pena, que do lado da Matriz, olhando a paisagem – mar, ilhas, céu – teria exclamado: “De hoje em diante vocês devem chamar de SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA, por essa linda paisagem”.

No ano de 1833, São Sebastião passou a fazer parte do município de Muaná, que naquela época era chamado Freguesia de São Francisco de Paula. Em 1868 voltou a possuir o título de Freguesia de São Sebastião, através da Lei n°. 584 de 23 de Outubro daquele mesmo ano.

Em 1872, através da Lei n°. 707 de 05 de Abril, foi-lhe concedido o título de Vila, criando-se assim, o respectivo Município que foi instalado em 07 de Janeiro de 1873 sob a Presidência de Possidônio Rodrigues de Mendonça, juramentado perante a Câmara de Curralinho.  Mas a Lei n°. 994 de 18 de Abril de 1879, suprimiu lhe a categoria de Vila, extinguindo lhe o título de município, que, em 08 de Março de 1880, foi restaurado pela Lei n°. 903.

Em 07 de Janeiro de 1881, é feita a instalação da Câmara Municipal funcionado com 07 vereadores, mas o município de São Sebastião da Boa Vista continuou sofrendo pressões dos oficiais e com o advento da República, através da Lei n° 1.084 de 1882, o município voltou a ser extinto e permaneceu esquecido a sua reinstalação, que foi forçada pela Lei n°. 1.399 de 05 de Outubro de 1889.

Contudo, em 1890, São Sebastião da Boa Vista estava com todas as suas prerrogativas administrativas adquiridas com a instalação do Conselho de Intendência Municipal, empossada a 07 de Abril do mesmo ano, composto de 01 Presidente e 04 Vogais. Em 1922, novamente São Sebastião da Boa Vista voltou à condição de anexado ao território de Muaná através da Lei n°. 2.116 de 03 de Novembro, e com o Decreto n°. 4.505 de 30 de Dezembro de 1943, é restabelecido integralmente o Município de São Sebastião da Boa Vista.

São Sebastião, em 1846 era um sitio da propriedade do Sr. Manoel Moraes Nunes, esse Senhor festejava todos os anos em 20 de janeiro a imagem de São Sebastião, e mandava celebrar a Santa Missa em uma das salas, de sua residência transformada em capela do Santo.

A Santa Missa era celebrada pelo padre – Policarpo José Rodrigues vigário da vila de Oeiras, mais tarde Araticu e hoje Oeiras do Pará. Em 1854 o Sr, Manoel Nunes, fez doação de terreno a Imagem de São Sebastião, onde foi construída a primeira capela, e atualmente a estátua da Imagem está fixada no local onde era o antigo altar da Igreja Matriz da Cidade de São Sebastião da Boa Vista.

Em 1855, começaram serem construídas muitas casas, sendo que, no mesmo ano fundaram uma Irmandade de São Sebastião, nesse povoado, ergueram uma Capela¹ depois foi construída uma igreja² no mesmo local, onde hoje e a Igreja Matriz.

Em 1856, foi construído pela irmandade de São Sebastião um cemitério era o segundo, pois, o primeiro foi construído no Humaitá no furo Santo Antônio no terreno da irmã do Manoel Nunes. Em 23 de Outubro de 1868, foi nomeado para a própria de São Sebastião Vigário, o Padre Mateus Augusto da Silva Franco até 1870, veio substituto o Padre Pocelê ate 18 de Outubro de 1874. Foi nomeado o Cônego José Bentes.

A usina de luz elétrica foi inaugurada 19 de março de 1949, pelo general Magalhães Barata, sendo ainda Prefeito Romeu Correa Monfredo, a casa dos padres foi construída pelo mesmo. Em dezembro foi construída uma casa junto a Prefeitura para o fórum.

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE A ROTEIROS BR ESTÁ INDICANDO PARA VOCÊ EM SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

4 × 2 =

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram