GUARAÍ – Tocantins

GUARAÍ – Tocantins

Guaraí

Em virtude da forte concorrência comercial que se desenvolvia na cidade de Pedro Afonso e que delineava, em pouco tempo, um quadro de provável crise em sua atividade de negócios, em 1937, o cidadão Leôncio de Sousa Miranda, grande liderança política da região, saiu à procura de novos horizontes e melhores oportunidades de progresso comercial, quando achou por bem, junto com a família, atravessar o Rio Tocantins e se instalar na sua margem esquerda. Este rio, na época se constituía na única via de comunicação e penetração no norte Goiano.

Ali instalou o seu estabelecimento comercial e ao seu redor construiu três casas residenciais, o que por inspiração de moradores do lugarejo levou o nome de Trindade. O papel exercido por esta mudança, provocou a vinda de outras tantas famílias, o que contribuiu decisivamente para o rápido desenvolvimento do local. Esse progresso galopante permitiu que, em 1938, o mesmo fosse elevado à categoria de vila pela Prefeitura Municipal de Araguacema, de quem sofria jurisdição territorial.

Em pouco tempo, Trindade teve seu nome alterado para Tocantinópolis. E sob a Lei Nº 837 de 22 de junho de 1953, foi elevada a condição de município com o nome de Tupirama, sendo Instalado em 1º de janeiro de 1954; quando já declinava o ritmo de crescimento local, em virtude da rodovia federal BR-153 (Belém/Brasília).

A partir desse momento, o Rio Tocantins começou a perder sua grande importância como via e meio de transporte e comunicação da região, enquanto a Belém/Brasília se transformava num verdadeiro polo de atração da população do município e de diversas regiões do Estado, fazendo nascer cidades à beira de seu traçado, fortalecendo as já existentes, ao mesmo tempo que decretava o início da decadência daqueles que se situavam mais distantes do seu percurso.

Iniciava-se assim, o progresso desenvolvimentista da região e o despertar de uma nova visão do cidadão comum. Confirmada a chegada desse processo, impulsionada pela criação da BR-153, o cidadão, Pacifico Silva, Proprietário da Fazenda Guará, integrando também nas correntes políticas da região resolveu fundar um povoado no local de sua propriedade e auxiliado pelo Sr. Jorge Yunes, Proprietário da companhia de Engenharia que administrava a construção da Belém/Brasília nessa região, deu inicio a fundação do povoado Guará nos primeiros meses do ano de 1959.

O progresso se fez rápido e em 1961 o povoado Guará já contava com cerca de 250 habitantes, 25 casas de comércio varejista, um posto de abastecimento de combustível, um posto de atendimento médico e um campo de pouso, naquela época VASP.

CONHEÇA OS HOTÉIS & POUSADAS QUE A ROTEIROS BR INDICA PARA VOCÊ EM GUARAÍ!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

15 − fourteen =

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram