SERINGUEIRAS – Rondônia

SERINGUEIRAS – Rondônia

Surgiu como núcleo urbano de apoio rural do Projeto de Colonização Bom Princípio, com o nome idêntico ao projeto.

O projeto de emancipação tramitou na Assembleia Legislativa do estado de Rondônia com o nome de Bom Princípio de Rondônia, porque o deputado Reditário Cassol, autor do projeto, fora avisado pelo delegado do IBGE em Rondônia, Gerino Alves, que já existia município no Rio Grande do Sul com o nome escolhido.

Quando o projeto de emancipação foi escolhido para fazer do item XIV, do parágrafo único, do artigo 42 das Disposições Transitórias da Nova Constituição Estadual de 1989, o relator da Constituinte, deputado Amizael Silva, era de opinião que as expressões d’Oeste e de Rondônia deveriam ser excluídas dos futuros topônimos. Por sugestão de Gerino Alves, Delegado do IBGE em Rondônia, o deputado Amizael Silva escolheu o nome de Seringueiras, por ser a Bacia Hidrográfica do Rio São Miguel grande produtora de borracha, produto da seringueira (Hevea brasiliensis), árvore da família das Euforbiáceas.

Com o nome de Seringueiras o município foi criado pela Lei nº 370, de 13 de fevereiro de 1992, assinada pelo governador Oswaldo Piana Filho, com áreas desmembradas dos municípios de São Miguel do Guaporé e Costa Marques.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

20 − eleven =

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram