Categoria: <span>Alagoas</span>

ANADIA – Alagoas
Post
18/08/202018/08/2020

ANADIA – Alagoas

Anadia
O nome original do município era Campos do Arrozal de Inhauns e, em 1801, quando foi elevado à categoria de vila, passou a ser chamada de Vila Nova de São João de Anadia, em homenagem ao Visconde de Anadia, ministro português que autorizou a criação da vila. A freguesia foi instalada em 1802.
Porém, não se sabe, ao certo, quais foram os principais desbravadores. Há a hipótese do primeiro povoado ter sido precedido por famílias que migraram para a região atraídas pelas planícies e boa produtividade do solo. Essa produtividade, aliás, pode ter atraído outros desbravadores que seguiram o curso do rio São Miguel, numa rota de exploradores.
Conta a história que durante o século XVII uma imagem da Virgem da Piedade foi encontrada perto do povoado e, segundo a crença popular, fez com que o padroeiro do arraial, São João, fosse substituído por Nossa Senhora da Piedade.
Fez parte da comarca de Alagoas (hoje Marechal Deodoro) até 1833, quando passou para a comarca de Penedo. A comarca de Anadia só viria a ser criada cinco anos depois.
A Festa da Padroeira (02 de fevereiro) é um dos pontos altos do município, que recebe milhares de devotados fiéis na já tradicional procissão. De população festiva, Anadia se orgulha de manter viva a tradição de réveillon, carnaval (com frevo de rua), vaquejada e, principalmente, dos festejos juninos, ostentando o título de terceiro lugar com sua animada quadrilha em concurso estadual.
Os finais de semana em Anadia são passados a muitos banhos de bica. No balneário Santa Cruz (uma fazenda com fartos banhos e fruteiras por toda a parte), por exemplo, o acesso é permitido a famílias inteiras da região.
VALE A PENA CONHECER!
VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE A ROTEIROS BR INDICA PARA VOCE!

ÁGUA BRANCA – Alagoas
Post
18/08/202025/08/2020

ÁGUA BRANCA – Alagoas

Até o século XVII o território de Água Branca fazia parte das sesmarias de Paulo Afonso (BA) que compreendiam, também, os atuais municípios de Mata Grande, Piranhas e Delmiro Gouveia, sendo uma das cidades mais antigas do Estado.
Foi denominada Mata Pequena, Matinha de Água Branca, até se tornar o município de Água Branca.
O nome veio de uma serra da região, rica em fontes de águas muito limpas. Sua fundação se deve a três irmãos da Família Vieira Sandes, que liderados pelo Capitão Faustino Vieira Sandes, saíram da localidade de Boacica, hoje parte dos municípios de Igreja Nova e Porto Real do Colégio (Vale do Itiúba), para desbravarem o sertão Alagoano.
Os primeiros desbravadores dessas terras foram membros da família Vieira Sandes, oriundos de Itiúba, pequeno povoado próximo a Porto Real do Colégio, em Alagoas.
Atraídos pelas riquezas da região, pastagens e fertilidades do solo, o capitão Faustino Vieira Sandes (desbravador do município) com seus irmãos, José Vieira Sandes e João Vieira Sandes arrendaram grande quantidade de terra aos sesmeiros e começaram a explorar a região.
Em 1770 foi construída a primeira Igreja em plena mata, pelo Major Francisco Casado de Melo, equidistante de três núcleos de povoamento: Várzea do Pico, Olaria e Boqueirão, atualmente denominada Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Em 1º de junho de 1864, foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição, subordinada à Diocese de Penedo pela Lei nº 413.
Até o século XVII, o território de Água Branca pertencia a Paulo Afonso (Província de Alagoas) conhecida pela denominação de Mata Grande da qual constituiu-se por muito tempo um distrito judiciário. À sesmaria de Paulo Afonso conhecida por Mata Grande, pertencia também o território do município de Piranhas, e hoje os atuais municípios de Delmiro Gouveia, Olho D’água do Casado e Pariconha.
Em 24 de abril de 1875, o povoado foi emancipado e instituído a Vila de Água Branca. Por divergências políticas, a Várzea do Pico, onde se realizava as grandes feiras de gado, foi chamada Vila do Capiá e em 1893 passou a ser sede da vila de Água Branca. Em 1º de junho de 1895 a sede passou definitivamente à Vila de Água Branca. Somente em 02 de junho de 1919, através da Lei nº 805, a vila passa a categoria de cidade de Água Branca.
VALE A PENA CONHECER!
VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE A ROTEIROS BR INDICA PARA VOCE!

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram