Galeria

Descrição

Os primeiros moradores do município foram antigos colonos e lavradores procedentes de outras regiões. Dona Aldonça Gomes da Silva e sua filha Lina Gomes da Silva, possuidoras de extensa área de terras no Sudoeste do município, são consideradas as pioneiras que mais contribuíram para a formação de Cabeceiras.

História
O povoado começou a se formar em torno de uma capela. Com o crescimento da população, surgiram as primeiras escolas. Estas atraíram fazendeiros provenientes de Santa Barbara, Monjolo e cidades mineiras próximas da divisa com Goiás.
O distrito de Cabeceiras foi criado em dezembro de 1952. A autonomia político-administrativa veio em 1959, iniciativa do vereador Sebastião Viana Lobo, de Formosa. O nome Cabeceiras relaciona-se às várias nascentes dois rios e córregos do município, como o Bezerra, Urucuia, Taboca, Cachoeira, Roncador, Salobro e outros.

O município, localiza-se no Planalto Central ao extremo Leste de Goiás e pertence à região geoeconômica de Brasília. A Leste e ao Sul faz divisa com o Estado de Minas Gerais.
Cabeceiras é rico em pontos turísticos, principalmente para quem gosta de esportes aquáticos e pescarias. O Recanto da Cachoeira, local ideal para banho s e acampamentos, fica apenas a 13 quilômetros da cidade. A Lagoa do Mato Grande, distante 6 quilômetros da sede do município, é um local ideal para a prática do Jet-ski, canoagem e pescarias.

A 15 quilômetros do centro de Cabeceiras, é o lugar ideal para quem gosta de desfrutar de momentos de descanso. Localizado em uma propriedade particular de 35 hectares, o recanto dispõe de áreas para camping, trilha, estacionamento e um ótimo restaurante tradicional. Como o próprio nome sugere, o recanto possui como exemplar da exuberância natural do cerrado, uma cachoeira com queda de 30 metros.
Nayla Mayara – Roteiros BR

Cidade de Cabeceiras - Goiás

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ROTEIROS & ATRAÇÕES – CABECEIRAS – Goiás”

Sua nota para esta escola
Escolha para avaliar