Descrição

Jataí constitui-se na última fase da expansão do gado que, vindo da Zona Leste do Brasil, através do rio São Francisco, tomou conta de Minas Gerais e veio até Goiás e Mato Grosso.

História

Até essa época, a região sudoeste era pouco conhecida, envolta em perigos e mistérios. Mas, sustentados pelo sonho desenvolvimentista, os primeiros desbravadores chegaram à região, ignorando quaisquer obstáculos. O município de Lavras do Funil, hoje cidade de Coqueiral, Estado de Minas Gerais, entraram pelo leste, através de Rio Verde nos sertões do sudoeste goiano, onde montaram uma fazenda de criação de gado, às margens dos Rios Claro e Ariranha. O Rio Claro faz parte da história do povo jataíense.

Com suas inúmeras praias, cachoeiras e locais de pesca, este rio caudaloso com leito de pedras, adequado para a prática de canoagem, rafting e descidas de bóias, chegando a ter corredeiras, a melhor época de visitação é de maio a novembro. Para os amantes de esportes radicais ou náuticos, o Lago Bonsucesso é a melhor opção. Bem próximo ao clube, a atração é palco para competições de jet ski e espaço para a prática de canoagem, vôlei de areia, futebol de areia, peteca, corrida de aventura, rapel e tirolesa.

O point tem estrutura adequada para receber as pessoas interessadas em acampar e também banhistas que preferem curtir as praias, o dia e aproveitar o entardecer às margens do lago e a reserva de mata natural. Quedas d’água Distante 327 km de Goiânia, Jataí conta com outros locais com água em abundância. A Cachoeira do Lajeado fica perto da cidade, é de fácil acesso e tem 46 metros de queda d’água onde o turista tem acesso por uma trilha.

A visitação ocorre com autorização dos proprietários e com acompanhamento de um guia de turismo do município. Há ainda o Rio Claro com praias, cachoeiras, locais de pesca e corredeiras; o Ribeirão Ariranha que tem a queda d’água Bela Vista e a queda d’água Refluxo e a Cachoeira Ponte de Pedra onde é possível tomar banhos de cachoeira e realizar passeios a cavalo. No Parque Ecológico Olavo Sérvolo de Lima, o turista pode desfrutar da nascente do córrego Diacuí e aproveitar a interação com a natureza.

Turismo histórico Com os primeiros desbravadores chegando em meados do século 19, a cidade de Jataí tem muita história. O saudosismo começa pelas ruas de paralelepípedos que ainda resistem e pelo som característico do carro de boi nas réplicas do veículo vistas em vários jardins, praças e museus. Parte dos momentos importantes são recontados pelo Museu Histórico da cidade, sediado em um casarão centenário.

A arqueologia na região sudoeste de Goiás é a maior atração, apresentada em uma exposição de longa duração. O passado ainda está presente em um acervo composto por objetos, fragmentos do esqueleto do “Homem da Serra do Cafezal”, datado de 11 mil anos e considerado um dos mais antigos das Américas. Por meio de documentos e objetos, o Replica Rolex Watches Memorial JK mostra aos visitantes como foram as visitas do ex-presidente da República, Juscelino Kubitschek, ao município.

Há fotos do comício em que JK transferiu a capital do país para o Planalto Central e deram início às obras de construção de Brasília. A catedral da cidade é outro ponto turístico. O prédio tem estrutura imponente e arquitetura arrojada com fachada formada por 12 colunas que simbolizam os apóstolos de Cristo. Na parte interna, possui um imenso painel de autoria de Claúdio Pastro constituído por pinturas retratando passagens importantes do Novo e Velho Testamento. A curiosidade é que o lugar possui uma cripta onde estão enterrados antigos bispos de Goiás.
Nayla Mayara – Roteiros BR

Cidade de Jataí - Goiás

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ROTEIRO – JATAÍ – Goiás”

Sua nota para esta escola
Escolha para avaliar