Descrição

BANNER PARA ROTEIROS

Click AQUI e Conheça Hotéis & Pousadas que a Roteiros BR indica a voce em Poconé.

Banhada pelos rios Cuiabá e Paraguai, Poconé é o principal acesso para a lendária estrada-parque Transpantaneira, porta de entrada para o Pantanal Mato-grossense. A via de terra, que termina em Porto Jofre (MS), tem 149 quilômetros de extensão salpicados por fazendas, pousadas rurais, pontes de madeira – são mais de cem – e muitos animais típicos.

Cidade é a porta de entrada para o Pantanal Norte, habitat de jacarés, tuiuiús e onças-pintadas.

A regra número um para quem viaja pela estrada é transitar em velocidade baixa. Os motivos são nobres: apreciar a paisagem de Cerrado e observar de pertinho as centenas de espécies de aves e de animais como veados, capivaras, jacarés, gaviões, garças, tamanduás e tuiuiús – ave símbolo do Pantanal que pode chegar a 1,50 metro de altura. De cabeça preta e corpo branco, chama a atenção pela “gravata” vermelha e pelo belíssimo voo.

Ao todo, o Pantanal abriga 650 espécies de aves, mais de 200 de peixes e 80 de mamíferos.

A melhor época para desbravar a região é entre os meses de maio e setembro, período de seca, quando os bichos ficam próximos às lagoas formadas pelas águas dos rios, repletas de aguapés e de pescadores. Aproveite para se hospedar nos hotéis na beira da estrada ou passar o dia em algum deles.

Em quase todos é possível fazer passeios de barco e de caminhão, além de curtir as trilhas e as cavalgadas para acompanhar espécies como araras, jacarés e tuiuiús, que ficam a poucos metros dos visitantes.

O “pacote” costuma incluir também a focagem noturna, à bordo de caminhões ou picapes, que apresenta bichos que só “saem da toca” quando escurece. Muitas vezes, é a melhor hora para avistar famílias inteiras de lobos-guarás e as temidas onças-pintadas.

Falando em passeio de barco, não deixe de cruzar as águas da região ao nascer do sol. O “bom dia” é dado por revoadas de andorinhas e de casais de papagaios, além de martins-pescadores, mutuns, garças, gaviões, araquans e carcarás, que dão ainda mais vida ao indescritível céu cor-de-rosa.

Antes de pegar a estrada rumo ao Pantanal, circule pelo colorido centro histórico de Poconé, com casario colonial. E aproveite para degustar o saboroso bolinho de arroz, típico da cidade, feito com arroz socado no pilão, mandioca, açúcar, manteiga, coco ralado, leite e canela. Doce, remete aos bolinhos de chuva tradicionais do Sudeste.

No mês de junho, a cidade é uma festa só em comemoração ao dia de São Sebastião. Na programação estão as tradicionais Cavalhadas – encenações medievais com direito a armaduras e bandeiras coloridas – e apresentações dos Mascarados, grupo de dança folclórica com participação apenas de homens, que capricham nos passos e nos acessórios que cobrem todo o corpo.
Quem nunca ouviu falar da transpantaneira? A porta de entrada para o Pantanal Mato-grossense. Pois é, mas para visitar a famosa estrada de terra de 145 quilômetros de extensão, você provavelmente irá começar por Poconé, o principal acesso à via que termina em Porto Jofre (MT).

Poconé é um município brasileiro do estado de Mato Grosso com 17.260,861 km² de extensão. Situa-se a 100 km de Cuiabá e a 86 km de Várzea Grande, a maior cidade nos arredores.

O Poconé é um município do Parque Nacional do Pantanal, banhado pelos riquíssimos rios Cuiabá e Paraguai.

Fauna local

Poconé possui uma enorme biodiversidade que atrai turistas do mundo todo. A facilidade do avistamento de animais em vida livre é sem dúvidas um dos grandes atrativos locais.

Turismo

Se você está em busca de aventuras mais selvagens, conheça Porto Jofre, um distrito do município de Poconé, localizado na região sul de Mato Grosso, próximo da divisa com Mato Grosso do Sul.
A região concentra o maior número de onças-pintadas do mundo, tornando o tão sonhado encontro com o maior felino das américas muito mais fácil de ser realizado. O turismo de avistamento de onças, que ali ocorre de barco, movimenta por ano 7 milhões de dólares somente na região.

Transpantaneira

Você sabia que no projeto original da Transpantaneira, a rodovia teria quase 400 km cruzando o Pantanal? Mas a obra foi encerrada em Porto Jofre, às margens do Rio Cuiabá. Apesar de existir uma grande concentração de pousadas nos primeiros 65 km, a parte final da estrada é bem deserta, aumentando as chances de ver onças e outros animais.

São 145 quilômetros de eco rodovia com 122 pontes de madeira. No período chuvoso torna-se um verdadeiro mirante onde a água acumulada em suas laterais se torna um lindo refúgio de jacarés, capivaras, tuiuiús, sucuris e muitos outros animais.

Existe uma regra que não pode ser quebrada ao percorrer a transpantaneira: andar em velocidade reduzida. Como já disse, a região é cheia de animais silvestres e eles diariamente sofrem com atropelamentos.

Poconé - Mato Grosso

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ROTEIROS & ATRAÇÕES – POCONÉ – Mato Grosso”

Sua nota para esta escola
Escolha para avaliar