É difícil para qualquer Estado brasileiro superar a Bahia quando se fala em turismo: mar, sol, coqueiros, cidades históricas, ecoturismo e pratos de dar água na boca podem ser curtidos pelo visitante em ambientes alegres e hospitaleiros, com uma infraestrutura que até turistas vindos do Primeiro Mundo aprovam. Tem Bahia para cada um, não importa seus interesses e preferências.

Logo entenderá porque ir à Bahia. A Bahia, quinto maior estado do Brasil em extensão, não tem uma geografia uniforme: são grandes as diferenças entre o litoral e o interior. O litoral se caracteriza por uma planície costeira, coberta pelo que restou da Mata Atlântica após o crescimento das cidades. Essa faixa de alta densidade demográfica, onde estão Salvador e o Recôncavo Baiano, tem um importante parque industrial e é propícia à agricultura, que se beneficia de chuvas abundantes durante o inverno. Ao longo do litoral da Bahia, existem mais de oitenta campos de extração de petróleo e gás.

Já o interior baiano, de clima semiárido, predisposto a secas, é um grande planalto entrecortado por rios. Seu ponto culminante é o Pico dos Barbados, de 2.033m. A economia nessa região se baseia principalmente na pecuária, embora a agricultura se desenvolva com êxito em áreas esparsas do estado, como no Vale do São Francisco, que produz frutas para exportação e, pasmem, uvas para a produção de vinhos – há que se ressaltar, bons vinhos. Irecê, no agreste, é o maior produtor de feijão do Nordeste e Barreiras se destaca no cultivo de soja.

Porém, na maior parte do interior, predomina a agricultura de subsistência. Grandes resorts no Estado da Bahia oferecem conforto e contato com a natureza, mas ainda existem praias rústicas e inexploradas à espera dos aventureiros. A capital, Salvador, com seus becos e ladeiras, é memória viva de muitos aspectos da cultura brasileira, da colonização aos nossos dias. Você terá igualmente o privilégio de entrar em contato com o povo baiano, muito tranquilo e também divertido. E não é de lá que vêm as brejeiras expressões “no stress” e “fique calmo, você está na Bahia! ”.

O baiano é também bastante hospitaleiro. Se você fizer amizade e ganhar a confiança de uma família, será recebido em sua casa como um parente.

Vale a pena visitar: Salvador – Os lugares de interesse turístico na Bahia começam por sua capital, Salvador. A cidade tem um lindo centro histórico colonial, declarado Patrimônio da Humanidade, inúmeros museus, lindas praias, restaurantes de classe internacional e vida noturna animada. Isso sem falar de seu carnaval, que atrai turistas do mundo todo.

Itaparica, Recôncavo Baiano – As águas calmas da Baía de Todos os Santos são ideais para a prática de esportes náuticos e aquáticos como windsurfe, vela, remo, canoagem, mergulho, esqui aquático e jet ski. Para amantes do ecoturismo há trilhas em meio à Mata Atlântica e rios navegáveis que cortam manguezais.

Costa dos Coqueiros – Há de tudo na Costa dos Coqueiros – mordomia, simplicidade, aventura, esporte, agito, sossego. É nessa região da Bahia que fica Mangue Seco com dunas móveis, coqueiros semienterrados na areia, rios, manguezais e histórias de Tieta.

Morro de São Paulo e Costa do Dendê – Nessa região de litoral recortado e dominado por arquipélagos, ao sul do Recôncavo Baiano, fica o povoado de Morro de São Paulo, um dos mais conhecidos e procurados pontos turísticos da Bahia, situado na Ilha de Tinharé.

Ilhéus e Costa do Cacau – Além de história, a Costa do Cacau tem belezas naturais e cidades bem estruturadas para receber visitantes. A região serviu de cenário para alguns dos romances de Jorge Amado.

Porto Seguro e a Costa do Descobrimento – Esse trecho do litoral da Bahia tem lindas praias, como em Caraíva, algumas já super badaladas, como as de, e outras, mais afastadas, porém espetaculares, praticamente “intactas”, que só estão esperando que você apareça lá e as descubra.

Abrolhos e Costa das Baleias – A Costa das Baleias proporciona ambiente para prática de esportes náuticos e mergulhos, tem lindas praias, rios, trilhas ecológicas e boa culinária à base de frutos do mar. É nessa região da Bahia que fica Abrolhos, um lugar espetacular mergulho. Costa do Cacau – Um litoral de lugares históricos e belas praias, como Ilhéus e Itacaré.

Chapada Diamantina – O interior baiano reserva ótimas surpresas; a melhor dela é Chapada Diamantina. Rio São Francisco – A região do Rio São Francisco é um verdadeiro “banho de Brasil”, indicado para quem busca sair dos roteiros convencionais e conhecer mais de seu país.